PM Jucurutu
13/06/2017
Por Sd Franco às 10:31h.

Policial Militar é morto a tiros em Natal

ImagemUm Cabo da Polícia Militar potiguar foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (13) em Natal. O crime aconteceu na rua Santa Tereza, no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste da cidade. O PM foi identificado como Mário Pinheiro de Lima.

Ainda não há informações se o cabo foi vítima de assalto ou de uma execução. Pinheiro tinha 17 anos de corporação. Policiais do 9º BPM informaram que ele, atualmente, estava à disposição da Secretaria de Segurança Pública (Sesed), e que já foi lotado no Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).

Segundo a Associação de Cabos e Soldados da PM, este é o 11º PM assassinado este ano no Rio Grande do Norte.

G1-RN, Via Blog O Câmera


Compartilhe:
05/06/2017
Por Sd Franco às 18:01h.

Família Policial Militar de luto.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Que Deus conforte, dê força e sabedoria para a sua família conseguir enfrentar esse momento de tanta tristeza e ao mesmo tempo indignação, pela morte de seu ente querido, o Sargento Cândido.


Compartilhe:
05/06/2017
Por Sd Franco às 09:02h.

Sargento PM Cândido que trabalhava em Santana do Matos é morto em assalto na Capital Potiguar.

Antônio Cândido dos Santos era sargento da PM potiguar (Foto: PM/Divulgação)

Uma notícia triste abalou e deixou toda a PM do Rio Grande do Norte de luto, em especial a polícia seridoense. Na manhã desta segunda feira, dia 05, o sargento Antônio Cândido dos Santos foi morto a tiros durante um assalto em Natal.

O sargento estava em frente ao hospital da Liga contra o câncer, no bairro das Quintas, na zona Norte de Natal, esperando seu pai que faz tratamento contra o câncer, quando foi surpreendido por dois homens que chegaram em uma moto Honda titan de cor branca, anunciaram o assalto, mas ao perceberem que o mesmo era policial atiram, vindo, o sargento, a óbito ainda no local. Os criminosos fugiram levando a arma do PM.

O Sargento Cândido trabalhava a 14 anos na Polícia Militar, destacava atualmente na cidade de Santana do Matos, destacamento pertencente a 3ª CPM de Jucurutu, do 6º BPM de Caicó. Deixa esposa e uma filha.


Compartilhe:
08/05/2017
Por Sd Franco às 08:16h.

Final de semana tranquilo na cidade de Jucurutu

De acordo com informações da Polícia Militar da cidade Jucurutu, o fim de semana foi considerado tranquilo, ou seja, dentro da normalidade. A PM informou que não foram registradas ocorrências graves durante todo o final de semana. Que também irá continuar mantendo o mesmo padrão de serviço prestado a sociedade jucurutuense realizando o policiamento ostensivo e preventivo, tendo como objetivo principal a manutenção da ordem publica bem como a prevenção de crimes na cidade.

Nota: Parabéns, a todos os PMs que fazem parte da 3ª Companhia de Polícia Militar de Jucurutu, pelo empenho e dedicação no exercício do seu trabalho.


Compartilhe:
30/04/2017
Por Sd Franco às 11:11h.

Polícia Militar do RN tem primeira mulher Coronel em toda sua história

ImagemMais uma vez o nome de Angélica Fernandes de Oliveira Azevedo entra para a história da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte.

Sendo uma das duas primeiras mulheres a ingressar na PMRN, ao lado da Tenente Coronel PM Tereza Boggio no ano de 1987, Angélica Fernandes fez história na corporação composta essencialmente por policiais militares masculinos. Naquele ano abriu-se a oportunidade para que mulheres também fizessem parte da Instituição Policial Militar, ingressando, após isso, várias mulheres como praças e oficiais.

Promovida ao posto de Tenente Coronel no ano de 2010, Angélica Fernandes chega ao mais alto posto da corporação no ciclo de oficiais – Coronel “full”, como diz a linguagem castrense.

A (agora) Coronel Angélica foi promovida por requerimento, que ocorre quando se tem, no mínimo, 30 anos de serviço e tenha figurado três vezes em Quadro de Acesso para promoções por merecimento. Contudo, esse tipo de promoção acarreta a consequente transferência para a Reserva Remunerada após o prazo de 90 dias no posto de Coronel PM para o qual tenha sido promovido por requerimento.

Apesar da rápida passagem no posto de Coronel PM na ativa, o nome da primeira Coronel “full” entra para a história da corporação, que atualmente possui um efetivo feminino relativamente pequeno em comparação com as outras polícias, não chegando a 2% do efetivo total da corporação.

Por Glaucia Paiva.


Compartilhe:
07/04/2017
Por Walter Clemente às 08:22h.

Natal é a cidade mais violenta do Brasil, diz ranking mundial

Na décima posição em ranking de ONG mexicana, Natal é a cidade mais violenta do Brasil (Foto: Canindé Soares)

A capital potiguar é a 10ª cidade mais violenta do mundo. É o que revela um ranking elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal. A lista, que possui 50 cidades, inclui 19 cidades brasileiras. Destas, Natal é a primeira, com 69,56 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes. Belém e Aracaju aparecem em seguida, como as cidades brasileiras mais violentas. Os dados são referentes a 2016.

“Das 50 cidades da lista, 19 estão no Brasil, 8 no México, 7 na Venezuela, 4 nos Estados Unidos, 4 na Colômbia, 3 na África do Sul, 2 em Honduras, 1 em El Salvador, 1 na Guatemala e 1 na Jamaica”, afirmou a ONG.

A lista inclui ainda Feira de Santana (15º), Vitória da Conquista (16º), Campos dos Goytacazes (19º), Salvador (20º), Maceió (25º), Recife (28º), João Pessoa (29º), São Luís (33º), Fortaleza (35º), Teresina (38º), Cuiabá (39º), Goiânia (42º), Macapá (45º), Manaus (46º), Vitória (47º) e Curitiba (49º).

2017

Os 622 homicídios contabilizados no Rio Grande do Norte até o domingo (2) revelam uma média de um assassinato a cada três horas e meia nos primeiros meses deste ano. É o maior índice de violência já registrado no estado, de acordo com dados do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO). Ainda segundo o instituto, estes números representam um aumento de 28,78% no número de assassinatos em comparação com igual período de 2016, quando 483 pessoas foram vítimas de crimes letais intencionais.

Medidas governamentais

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Caio Bezerra, afirmou que a quantidade homicídios no Rio Grande do Norte vai diminuir. “Nós vamos reduzir esses números. Inclusive, observamos uma diminuição em março, em relação ao mês de fevereiro”, declarou.

Caio Bezerra atribuiu a maioria dos assassinatos ao tráfico de drogas. De acordo com ele, entre 65% e 70% são crimes relacionados de alguma forma ao tráfico. “Essas são informações a partir de investigações oficiais em locais de crime. Não é que estejamos usando isso como desculpa, mas precisamos observar esses dados até para termos um diagnóstico e focarmos no problema”.

O secretário falou que, pelos dados oficiais da Sesed, até o dia 31 de março deste ano foram 599 crimes letais de violência intencional. Caio Bezerra disse ainda que não contesta os dados do OBVIO, que faz levantamento estatísticos de CLVIs no estado, e aponta, até esta quinta-feira (6), 642 homicídios no Rio Grande do Norte.

Ranking

Com 130,35 homicídios por 100 mil habitantes, Caracas, na Venezuela, aparece no topo do ranking das mais violentas do mundo, seguida por Acapulco, no México, e San Pedro Sula, em Honduras. Segundo a ONG, a repetição da posição da capital venezuelana por dois anos seguidos confirma a crise criminal no país.

Em relação a 2015, duas cidades brasileiras deixaram o ranking no ano passado: Porto Alegre e Campina Grande.

Segundo a ONG, os níveis de violência na América Latina não são uma surpresa e refletem a impunidade. No Brasil, ela atinge 92% dos homicídios, na Venezuela, El Salvador e em Honduras, chega a 95%.

A lista da ONG é baseada no número de homicídios por 100 mil habitantes e analisa municípios com mais de 300 mil habitantes.

  1. Caracas (Venezuela) – 130,35 homicídios/100 mil habitantes
  2. Acapulco (México) – 113,24
  3. San Pedro Sula (Honduras) – 112,09
  4. Distrito Central (Honduras) – 85,09
  5. Victoria (México) – 84,67
  6. Maturín (Venezuela) – 84,21
  7. San Salvador (El Salvador) – 83,39
  8. Ciudad Guayana (Venezuela) – 82,84
  9. Valencia (Venezuela) – 72,02
  10. Natal (Brasil) – 69,56
  11. Belém (Brasil) – 67,41
  12. Aracaju (Brasil) – 62,76
  13. Cape Town (África do Sul) – 60,77
  14. St. Louis (EUA) – 60,37
  15. Feira de Santana (Brasil) – 60,23
  16. Vitória da Conquista (Brasil) – 60,10
  17. Barquisimeto (Venezuela) – 59,38
  18. Cumaná (Venezuela) – 59,31
  19. Campos dos Goytacazes (Brasil) – 56,45
  20. Salvador e RMS (Brasil) – 54,71
  21. Cali (Colômbia) – 54,00
  22. Tijuana (México) – 53,06
  23. Guatemala (Guatemala) – 52,73
  24. Culiacán (México) – 51,81
  25. Maceió (Brasil) – 51,78
  26. Baltimore (EUA) – 51,14
  27. Mazatlán (México) – 48,75
  28. Recife (Brasil) – 47,89
  29. João Pessoa (Brasil) – 47,57
  30. Gran Barcelona (Venezuela) – 46,86
  31. Palmira (Colômbia) – 46,30
  32. Kingston (Jamaica) – 45,43
  33. São Luís (Brasil) – 45,41
  34. New Orleans (EUA) – 45,17
  35. Fortaleza (Brasil) – 44,98
  36. Detroit (EUA) – 44,60
  37. Juárez (México) – 43,63
  38. Teresina (Brasil) – 42,84
  39. Cuiabá (Brasil) – 42,61
  40. Chihuahua (México) – 42,02
  41. Obregón (México) – 40,95
  42. Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) – 39,48
  43. Nelson Mandela Bay (África do Sul) – 39,19
  44. Armenia (Colômbia) – 38,54
  45. Macapá (Brasil) – 38,45
  46. Manaus (Brasil) – 38,25
  47. Vitória (Brasil) – 37,54
  48. Cúcuta (Colômbia) – 37,00
  49. Curitiba (Brasil) – 34,92
  50. Durban (África do Sul) – 34,43

Fonte: G1RN


Compartilhe:
06/04/2017
Por Walter Clemente às 12:44h.

Sargento da PM é assassinado a tiros na Grande Natal

Crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (6) em Golandim, em São Gonçalo do Amarante (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi )

Um policial militar foi baleado e morto, no final da manhã desta quinta-feira (6), no Golandim, em São Gonçalo do Amarante. Identificado até o momento apenas como sargento Cabral, a vítima foi atingida por disparos efetuados por um homem que fugiu em uma motocicleta. O policial trabalhava no setor de protocolo da corporação.

O major Eduardo Franco, responsável pela comunicação da Polícia Militar, disse que várias equipes estão em buscas pelos criminosos neste momento, bem como policiais estão no local para apurar as circunstâncias do crime.

Este é o nono policial militar assassinado este ano no Rio Grande do Norte – o 10º agente de segurança se a este número for somada a morte de um guarda municipal.

Secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra lamentou a morte do sargento.

O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção á Pessoa (DHPP).

Fonte: G1RN


Compartilhe:
30/03/2017
Por Walter Clemente às 17:46h.

Presidente da associação dos Bombeiros é preso em Natal

O presidente da Associação dos Bombeiros Militares do RN (ABM/RN), Dalchem Viana se apresenta nesta terça-feira, às 9h, no Grupamento de Busca e Salvamento para cumprir prisão disciplinar durante três dias.

Segundo o bombeiro, o motivo foi um áudio enviado pelo aplicativo whatsapp no grupo da associação. “O comandante iria fazer uma apresentação da Lei de Organização Básica (LOB) para os oficiais em separado dos praças, eu pedi a participação de todos neste momento já que a LOB é interesse em comum. Só que meu áudio foi considerado como uma afronta pelo então comandante Otto Ricardo Saraiva”, explica.

Essa é a quarta vez que o soldado BM responde procedimento administrativo por estar representando a categoria na luta pela implantação da LOB. Dessa vez, além reclusão disciplinar Dalchem Viana responderá a um Inquérito Policial Militar (IPM), o que impede ascensão profissional. “A prisão administrativa no Brasil é uma perseguição ao movimento associativista. A afronta se agrava mais ainda quando se pune um presidente de associação e consequentemente os direitos da coletividade”, diz Dalchem.

A Associação dos Cabos e Soldados da PM do RN (ACSPM/RN) através do presidente Roberto Campos, repudia o ataque sofrido pelo representante legítimo da categoria, motivado por um chamamento aos associados para participarem de uma reunião sobre a LOB, pauta comum a todos os níveis da carreira.

Fonte: Portal BO


Compartilhe:
14/03/2017
Por Sd Franco às 19:00h.

Sargento da PM é assassinado na Zona Sul de Natal; arma é levada

PM foi morto em frente a um mercadinho no bairro de Lagoa Nova; motocicleta do sargento ficou no chão (Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi)

Um sargento da Polícia Militar foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (14) na rua Cícero Pinto, no bairro Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal. Segundo a própria PM, o crime aconteceu em frente a um mercadinho que havia acabado de ser assaltado. A arma do sargento foi levada. Este é o 6º policial militar assassinado este ano no Rio Grande do Norte.

Sargento Aldo Tavares Irineu era lotado no 4º Batalhão da PM (Foto: Arquivo Pessoal)Sargento Aldo Tavares Irineu era lotado no
4º Batalhão da PM (Foto: Arquivo Pessoal)

A assessoria de comunicação da PM ainda busca informações de como aconteceu a morte do sargento, identificado como Aldo Tavares Irineu, lotado no 4º Batalhão.

Até o momento, há duas versões. Em uma delas, testemunhas relatam que o PM teria tentado evitar o assalto ao mercadinho. Na segunda, os ladrões teriam tentado tomar a motocicleta do policial para fugirem após o assalto. O PM teria tentado sair do local e os criminosos, então, teriam atirado nele. Pelo menos três disparos atingiram o sargento.

Após os tiros, os assaltantes fugiram em um Gol de cor branca. A PM fez buscas pela região, mas até o momento não encontrou os criminosos.

Fonte: G1-RN.


Compartilhe:
09/03/2017
Por Walter Clemente às 14:10h.

Comandante da 3ª CPM/6º BPM prestou entrevista ao Programa “Jucurutu Notícias”, da Rádio 104 FM

Capitão Henrique assumiu o Comando da 3ª CPM/6º BPM e promete fazer o melhor possível pela segurança de Jucurutu e outras cidades sob sua responsabilidade

Fonte: Blog PM Jucurutu – O novo Comandante da 3ª CPM/6º PBM, Capitão Henrique, esteve, na manhã desta quinta-feira, 09, nos estúdios da Rádio Cidade FM de Jucurutu, no Programa “Jucurutu Notícias”, comandado pelo locutor e radialista Robson Oliveira, com o apoio do também radialista e blogueiro, Danilo Evaristo, onde respondeu perguntas, tanto dos entrevistadores, quanto de ouvintes.

Durante a entrevista, o Capitão Henrique enfatizou a preocupação da Polícia Militar com situações como, o tráfico de drogas, estouros a caixas eletrônicos e trânsito. Segundo ele, a Polícia tem feito um levantamento sobre pontos mais sensíveis relacionados à Segurança Pública de Jucurutu e demais cidades com o policiamento sob seu comando.

Os dois pontos mais questionados pelos entrevistadores e ouvintes foram os estouros a caixas eletrônicos e a crítica situação em que se encontra o trânsito na Cidade de Jucurutu. Quanto ao primeiro, o Comandante informou que a Polícia está, dentro de suas possibilidades, tomando todas as cautelas para evitar que mais agências bancárias sejam alvos de criminosos em nossa região.

Já, com relação ao trânsito, o Capitão informa que está em contato com os responsáveis pelo 3º DPRE, sediado em Caicó, com o intuito de fazer um trabalho de fiscalização nas ruas de Jucurutu, para coibir os crimes de trânsito que ora acontecem e colocam em risco a vida das pessoas. Quanto ao tráfico de drogas, a Polícia Militar manterá fazendo seu papel de coibir essa ação, de forma preventiva e, se for o caso, de forma repressiva. No tocante à parte investigativa a competência é das Polícias judiciárias (Polícia Civil e Polícia Federal)

Por fim, O Capitão Henrique informou que, além do número de telefone de celular (99660-0154) que há na Companhia, estão disponíveis, também, dois números fixos, quais sejam: 3429-5037 e 3429-5038. Os planos são para, o mais breve possível, implantar o 190 local, para facilitar o acesso da população à Polícia Militar, quando dela necessitar.

O Comando da Polícia Militar da 3ª CPM/6º BPM, engloba as cidades de Jucurutu, São Rafael, Florânia, Tenente Laurentino Cruz e Santana do Matos.


Compartilhe:
27/02/2017
Por Sd Franco às 09:58h.

PM apreende ecstasy e pistola após briga no carnaval de Caicó

IMG-20170226-WA0481

IMG-20170226-WA0448

A Polícia Rodoviária Estadual em conjunto com demais guarnições de Polícia Militar e Patrulhas de áreas do 6° B PM aprenderam significativamente quantidade de entorpecente análogo à êxtase e uma quantia fracionada de dinheiro.

A ação policial que resultou na apreensão se deu após denúncia via Copom, que dava conta de uma briga generalizada nas proximidades do Arco do Triunfo onde os envolvidos estariam armados e saindo em fuga.

De acordo com a polícia, os suspeitos tentavam fugir em duas caminhonetes e foram interceptados, com eles os policiais pegaram também uma PISTOLA PT.100 de uso dá PM. O trabalho aconteceu próximo á faculdade/escola Santa Terezinha.

O trabalho minucioso de buscas dentro dos veículos foi feito por uma guarnição de Rádio Patrulha do 6° BPM que conseguiu apreender toda a droga e a pistola.

Fonte: Blog Jair Sampaio.


Compartilhe:
25/02/2017
Por Walter Clemente às 18:17h.

Morre policial militar baleado durante tentativa de assalto em Pirangi

O policial militar Edmilson Nascimento de Oliveira Júnior, baleado nas costas, na noite desta sexta-feira (24), durante uma tentativa de assalto em um bar no conjunto Pirangi foi submetido a uma cirurgia para retirada da bala, mas vêio a óbito na tarde deste Sábado (25). A informação foi confirmada pelo presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM do RN (ACSPM/RN), Roberto Campos.

Campos informou que o Cabo Júnior estava no hospital da Polícia Militar e durante o procedimento médico sofreu uma parada cardíaca vindo a falecer por volta das 14h. “É uma realidade extremamente absurda o que vem sofrendo os policiais militares do Estado, a categoria está de luto com tantas mortes e exige uma resposta enérgica por parte das autoridades do governo. Somente em dois meses são sete profissionais de segurança pública assassinados no Rio Grande do Norte”, disse.

O comandante do 9° Batalhão, o Tenente Coronel Fábio Araújo se mostrou muito consternado com a morte do Cabo Júnior destacando que o policial tinha um comportamento digno de respeito e admiração. O local do velório e o sepultamento ainda não foram confirmados pela família.

Segue a lista dos profissionais da segurança pública mortos nos últimos dois meses no Estado do Rio Grande do Norte:

26/12/2016- cabo Ivan Márcio Da costa Xavier – morto em serviço (Parnamirim)

04/01/2017- SD Manoel Gomes.

Reformado (conjunto panorama)

12/01/2017- Ailton Barbosa da Silva

Reserva (Jardim América)

31/01/2017- Soldado Daniel de Oliveira pessoa

Ativa( Norte Shopping)

14/02/2017- GM Abimael Freitas

Serviço (Soledade ll)

20/02/2017 – Sgt. Jackson Sidney Botelho

Ativa (Ceará Mirim)

25/02/2017 – Cabo Edmilson Nascimento de Oliveira Júnior, Ativa, (conjunto Pirangi)

*Portal BO


Compartilhe:
16/02/2017
Por Walter Clemente às 08:46h.

Jucurutu – Capitão Henrique assume o Comando da 3ª CPM/6º BPM

Capitão Henrique está à frente do Camando da 3ª CPM/6º BPM

Fonte: Blog PM Jucurutu – Aconteceu, na manhã desta quarta-feira, 15, a passagem de Comando da 3ª CPM/6º BPM, em Jucurutu. Na ocasião, o Capitão PM Mycael Campus esteve na Cidade e passou o comando desta subunidade para o Caiptão PM Ivanildo Henrique  Mendonça, que está, a partir de agora, à frente dos trabalhos da Polícia Militar na 3ª Companhia, que engloba, além de Jucurutu, os Destacamentos PM das Cidades de Florânia, Tenente Laurentino Cruz, São Rafael e Santana do Matos.

O Major Costa, Comandante do 6º BPM, se fez presente em Jucurutu para dar as boas vindas ao Capitão Henrique, como também agradecer ao Capitão Mycael – que agora está no Comando da PM de Jardim do Seridó – pelo bom trabalho desenvolvido à frente da 3ª CPM/6º BPM.


Compartilhe:
15/02/2017
Por Walter Clemente às 04:51h.

Militares e Governo chegam a acordo e evitam paralisação geral no RN

Governador Robinson Faria se reuniu com a cúpula da segurança pública e representantes do movimento (Foto: Fred Carvalho/G1)

Representantes do movimento se reuniram com cúpula do governo nesta manhã (Foto: Fred Carvalho/G1)

Por G1RN – Depois de uma reunião na manhã desta terça-feira (14), representantes dos policiais e bombeiros militares que protestam por melhores condições financeiras e de trabalho chegaram a um acordo com o governo do Rio Grande do Norte, que aceitou a maioria das exigências do movimento.

Segundo a Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar, o governo concordou com 702 promoções de policiais relativas a dezembro de 2016; com o pagamento dos militares promovidos em agosto do mesmo ano, previsto para fevereiro; e com o pagamento retroativo dos promovidos em dezembro de 2015 e nos meses de abril e agosto do ano seguinte.

Também foi aprovado o aumento das diárias operacionais para R$ 120 por oito horas de serviço, com pagamento adiantado, além da atualização dos níveis remuneratórios a partir deste ano: a Lei de Organização Básica (LOB) referente a esse aumento deve ser encaminhada à Assembleia Legislativa até 29 de fevereiro.

“A lei vai reestruturar toda Polícia Militar em médio prazo. Teremos a reformulação das unidades administrativas e da quantidade de cargos. É uma mudança que vai motivar os policiais”, opinou o comandante geral da Polícia Militar, coronel André Azevedo, que participou da reunião.

O governador disse que em breve haverá concursos para as polícias militar, civil e para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). Robinson enfatizou que o edital do concurso do Corpo de Bombeiros foi publicado e a abertura do concurso para agentes penitenciários efetivos foi autorizada.

“Com este concurso [dos agentes penitenciários], vamos atender novamente o pedido dos militares e tirar os policiais das guaritas nos presídios. Este concurso vai suprir o déficit de agentes no sistema penitenciário e reforçar a segurança das unidades prisionais do Estado”, disse o governador.

Protesto
O ato dos policiais militares e bombeiros em frente à Governadoria, em Natal, começou às 9h. As mulheres dos militares também participaram da manifestação. Os líderes do movimento foram convidados para a reunião com o governador Robinson Faria e a cúpula da segurança pública por volta das 10h30.

As reivindicações são:
– Efetivação das promoções de dezembro;
– Pagamento dos promovidos em agosto;
– Pagamento do retroativo dos promovidos em 25/12/15 e 21/04/16;
– Definição de carga horária;
– Encaminhamento imediato das Leis de Organização Básica;
– Atualização dos níveis remuneratórios;
– Fim da prisão administrativa, através de decreto do Governador;
– Retirada dos policiais militares dos presídios;
– Fim da idade limite de ingresso para quem já ingressou na instituição.

Mulheres de policiais participam do ato  (Foto: CS/Divulgação )

Mulheres de policiais participaram do ato no Centro Administrativo (Foto: ACS/Divulgação)


Compartilhe:
08/02/2017
Por Sd Franco às 00:57h.

Kelps pede para Assembleia derrubar veto de Robinson ao projeto de baratear armas para policiais.

O Governo Robinson vetou o projeto de lei que retira impostos dos policiais militares, policiais civis, bombeiros e agentes penitenciários na aquisição de armas para serem usadas no dia a dia do trabalho de segurança pública. A Assembléia Legislativa pode derrubar o veto e aprovar a lei, criando esse benefício para a categoria, mesmo contra a vontade do Governo. Para isso, o veto deve ser derrubado pela votação da maioria dos deputados. O deputado Kelps Lima já anunciou que vai votar para derrubar o veto do Governo e pela aprovação da lei que beneficia os profissionais da área de segurança. Além disso, Kelps defende que os deputados votem o projeto dos policiais antes de outros temas, como os vetos que o mesmo Governo fez às emendas parlamentares que os deputados inscreveram no Orçamento do Estado. “O Governo vetou uma lei de interesse dos policiais e também vetou emendas de interesse dos deputados. Será um gesto importante da Assembleia votar primeiro a lei que beneficia os policiais e só depois começar a votação dos vetos que dizem respeitos às emendas de interesse dos parlamentares.”, argumenta o deputado. Para Kelps, a lei que isenta os policiais do ICMS tem importância no aspecto econômico, ao facilitar o armamento com menos ônus financeiro. Também há um aspecto moral, no momento em que dá à tropa, aos agentes de polícia civil e agentes penitenciários o conforto de saberem que o Poder Legislativo presta atenção ao trabalho deles e procura criar mecanismos que diminuam as dificuldades no desempenho da função.

Via Blog Jair Sampaio.


Compartilhe:
07/02/2017
Por Sd Franco às 21:39h.

‘Vamos lutar por justiça’, diz viúva de PM morto em shopping de Natal

Família de PM morto a tiros em shopping de Natal (Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi)

“Papai, mamãe?” A pergunta é da filha pequena do policial militar Daniel Pessoa, assassinado há uma semana enquanto tentava impedir um assalto em um shopping da Zona Norte de Natal. O policial levou três tiros e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A família tenta superar a perda.

Em entrevista à Inter TV Cabugi, a viúva Martina, que trabalhava na joalheria assaltada, conta que a filha do casal sempre pergunta pelo pai. “A gente mostra a foto, aí ela beija a foto. A gente diz que ele está trabalhando. E aí ela se irrita, porque não entende por que foi trabalhar e não chegou”, descreve. “Vamos lutar por justiça. Não só eu, toda a população que viu”, garante.

O PM tinha 32 anos e fazia parte do pelotão de Extremoz. O pai, Carlos, diz que sempre conversava com Daniel sobre os perigos da profissão e que o filho morreu cumprindo sua missão. “Ele entrou na polícia e conseguiu fazer o papel dele, desempenhou até além do esperado. Por exemplo, se ele voltasse hoje, ele ia fazer a mesma coisa”, afirma.

A irmã, Samara, conta que o policial era atencioso com a família. “Ele sempre procurava saber onde a gente estava, com quem a gente estava, se a gente fosse para, por exemplo, uma casa de praia, uma festa, sempre ele dizia ‘Samara, com quem você vai? Quem vai estar lá. Procure saber antes o local’”, relata. Em prantos, a mãe de Daniel preferiu não dar entrevista.

Fonte: G1-RN.


Compartilhe:
06/02/2017
Por Walter Clemente às 21:49h.

PM se apresenta e confessa disparo que resultou em morte de motociclista

Homem morreu no loca, mulher ficou ferida após colisão (Foto: Sérgio Henrique/Inter TV Cabugi )

Um policial militar se apresentou espontaneamente e confessou ser o autor do disparo que resultou na morte de um motociclista, na manhã desta segunda-feira (6), durante uma ocorrência na zona Norte de Natal. A arma usada por ele foi entregue durante a apresentação e apreendida pela Polícia Civil.

O major Eduardo Franco, responsável pela comunicação da Polícia Militar, disse que a instituição lamenta profundamente o incidente e está adotando todos os procedimentos cabíveis.

O policial teria efetuado disparos em reação contra um homem que atirou um rojão na sede da Cavalaria da Polícia Militar. No entanto, um dos disparos acabou atingido o motociclista Jeferson da Silva Santana, de 29 anos, que estava na moto junto com a namorada.

A moça teve um ferimento na perna após a moto colidir em ônibus. O suspeito de atirar um rojão contra o prédio da Polícia Militar foi preso e autuado. De acordo com a polícia, os policiais revidaram atirando por pensar que o barulho dos rojões se tratava de tiros.

De acordo com o major Eduardo Franco, nesta tarde, o policial envolvido na ocorrência procurou a delegacia da Polícia Civil e se apresentou espontaneamente. Ele entregou a arma para que ela seja submetida a exame de balística.

“Além disso, o policial também se apresentou na sede do Regimento de Polícia Montada, onde já foi aberto o Inquérito Policial Militar, que corre em paralelo ao inquérito da Polícia Civil”, explicou o oficial.

Como se apresentou espontaneamente e se dispôs a colaborar com as investigações, o policial não ficará detido, mas deverá ficar afastado das atividades até a conclusão do processo administrativo.

Por G1RN


Compartilhe:
02/02/2017
Por Walter Clemente às 07:46h.

“A polícia perdeu um herói e eu um filho maravilhoso”, disse o pai do soldado Pessoa

O pai do policial militar Daniel Pessoa, morto após reagir a um assalto dentro de um shopping na zona Norte de Natal, no final da manhã desta terça-feira (31), disse que a Polícia Militar perdeu um herói e ele um filho prestativo e maravilhoso. Carlos Pessoa esteve no ITEP para a liberação do corpo do filho e não conseguiu esconder a emoção e principalmente a revolta depois do crime.

Emocionado Carlos disse que jamais podeira imaginar uma tragédia tão grande na família e falou de Daniel como um filho prestativo, atencioso, carinhoso com todos e acima de tudo dedicado a profissão. “Estou procurando ser forte por que todos estão muito abalados com essa tragédia, a mãe dele é muito religiosa, mas é mãe e está sendo terrível para ela. Se você me perguntar o que estou sentindo agora eu respondo que é uma mistura de tristeza com revolta.

Tristeza por que perdi um menino maravilhoso, querido por todos da família e colegas de farda. Revolta por que sei que quem fez isso pode até ser preso, mas logo estará nas ruas matando outros pais de família, isso é lamentável, mas é a mais pura realidade que estamos condenados a testemunhar”, declarou.

Carlos ainda relatou que Daniel morreu como um herói e sempre quis ser policial, quando pequeno falava em proteger as pessoas. O soldado Daniel de Oliveira Pessoa era casado , tinha 31 anos e pai de uma menina. A família do PM conta com o apoio de amigos que desde o registro do fato se mostram prestativos disponibilizando atenção e conforto.

*Portal BO


Compartilhe:
31/01/2017
Por Walter Clemente às 22:19h.

Policial Militar morre horas depois de ser atingido por bandidos, durante assalto a joalheria de um shopping em Natal

O policial militar Daniel Oliveira Pessoa, que foi baleado durante uma tentativa de assalto em um shopping na zona Norte de Natal, não resistiu aos ferimentos e morreu, na tarde desta terça-feira (31). O soldado tinha 31 anos e havia entrado na PM em 2010.

A ocorrência aconteceu no final da manhã, quando o policial estava no shopping e teria percebido um assalto em uma joalheria. Mesmo sem estar de serviço, o soldado acabou entrando na loja e foi surpreendido pelas costas por um bandido que estava do lado de fora da loja.

A ação dos bandidos foi flagrada por uma câmera de segurança. Logo após atirar no policial, os dois assaltantes fugiram correndo.

Por Portal BO


Compartilhe:
28/01/2017
Por Walter Clemente às 10:35h.

Homem, embriagado, foi preso quando dava “cavalo de pau” no centro da Cidade de Jucurutu

Francisco Ivan, embriagado, dava cavalo de pau em via pública e foi preso em flagrante

Fonte: Blog PM Jucurutu – A Polícia Militar prendeu, por volta das 02h40 min. da madrugada deste sábado, 28, a pessoa identificada por Francisco Ivan de Arruda Júnior, 31 anos. A prisão se deu no momento em que o flagrantedo praticava direção perigosa nas ruas de Jucurutu, dando o conhecido “cavalo de pau”, em um veículo tipo Saveiro.

Francisco Ivan praticava o delito nas ruas do Centro da Cidade, no momento em que viaturas da Polícia Militar passavam pelo local, quando houve uma perseguição e consequente abordagem. Ele, que desceu do carro com visível estado de embriaguês e com um copo de bebida na mão, recebeu voz de prisão e foi conduzido para Caicó, onde foi submetido a teste de bafômetro, o qual acusou a embriaguês de Francisco Ivan.

Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de Direção Perigosa e Embriaguês ao Volante, e agora encontra-se à disposição da Justiça.


Compartilhe:
Página 1 de 1812345...10...Última »



Buscar

Parceiros

Anuncie Aqui